Boa noite, quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019
Casa do Ceará

Imprima



Ouça aqui o Hino do Estado do Ceará



Instituições Parceiras
































:: Jornal Ceará em Brasília



— Última Edição —
— Edições Anteriores —

Untitled Document

Outubro 2012

No modo de dizer dos italianos, as raízes de expressões brasileiras

Em meu poder o ‘Dizionario Dei Modo di Dire, della língua Italiana” de B.M. Quartu, 4ª. edição, da BUR, Biblioteca Universale Rizzoli, de janeiro de 2001, de Milão, com 10 mil modos de dizer as coisas. São 10 mil verbetes que mostram que muitas das expressões usadas em italiano são também usadas na língua portuguesa, com o mesmo significado, comprovando que a universalidade das línguas latinas se mantém, malgrado as profundas transformações periféricas que ocorrem no momento na língua portuguesa, fruto de uma degradação e de um descuidado descontrolado. Isto é mais fruto de ignorância siderúrgica e difusa, especialmente das massas incultas no Brasil, do que mudanças fonéticas e morfológicas aceitáveis.

Vejamos as expressões:

L”abito non fa Il monaco, o hábito não faz o monge - Tallone d”Achille, calcanhar de Aquiles - Parente por partedi Adamo, parente por parte de Adão - Dall”alfa AL”Omega, do inicio ao fim - Amico del cuore, amigo do coração, do peito - Amore di madre, amor de mãe – Ancora di savezza, ancora de salvação - Essere un”áquila, é uma águia - Armi ebagagli,armas e bagagens - Armato fino ai denti, armado até os dentes - Asino battezzato, asno batizado -Aurora della vita, aurora da vida, juventude – Avocato del diavolo, advogado do diabo –

La barba non fa Il filosofo, a barba não faz o filósofo - Battesimo del sangue,batismo de sangue-Bere come uma spugna, beber como uma esponja - Essere uma biblioteca ambulante, é uma biblioteca ambulante, sabe muito – Armata de brancaleone, exército de brancaleone - Perdere La bussola, perder o rumo.

Caminare come uma tartaruga, andar devagar – Caminare sulle uova,caminhar sobre ovos - Ascendere una candela ai Santi e uma ao Diavolo, acender uma vela aos santos e outra ao diabo - Can che abbaia non morde, cão que ladranão morde - Essere como cane e gatto,ser como cão e gato – Castello di carte, castelo de cartas - Cavalllo di Battaglia cavalo de batalha - Cavallo di Troia, cavalo de Troia - Lasciari Il certo porl’incerto, trocar o certo pelo duvidoso – Cervello di gallina, cérebro de galinha, pouco inteligente – Muovere cielo e terra,mover céus e terra - Uovo di Colombo, coisa simples - Collomba della pace,a pomba da paz.

Il danaro apre tutte le porte, o dinheiro abre todas as portas - Mostrare Il denti,mostrar os dentes - Fare um patto col diavolo,fazer um pacto com o diabo - Dio manda Il freddo secondo i panni, Deus nos dá frio conforme a roupa - Cambiare disco, mudar de opinião - Essere Il pomo dela discórdia, ser o pomo da discórdia - Dormire Il sonno Del giusto, dormir o sono dos justos - Dose da Cavallo, dose ara cavalo, grande quantidade, massiva.

Essere un”enciclopédia ambulante, ser sábio, inteligente Fabbrica degli angeli, aborto - Metere a ferro e fuoco, agir com violência - Figlio di mammá (filhinho de mamãe, figlio di papá (filhinho de papai) figlio di putana, figlio prodigo - Fuoco di paglia,fogo de palha Gallina dalle uovo d´or, galinha dos ovos de ouro – gallina vecchia fa buono brodo, galinha velha dá bom caldo – guerra dei nervi, guerra de nervos.

Incidente di percorso, acidente de percurso.

Lacrime di croccodrillo, lágrimas de crocodilo – lavoro cinese, trabalho chinês, pesado - legge draconiana, lei dura - essere como um libro aperto, ser como um livro aberto – língua sciolta, falar com facilidade – liscio como um uovo, liso como um ovo.

Madalena pentita, madalena arrependida – mangiare como une bue, comer como um boi – se la montagna non viene a Maometo, se a montanha não vem a Maomé... – essere un Matusalemme – fare il parto de la montagna, o parto da montanha, coisa difícil - Far vita da nababbo, levar vida de nababo – Il doce far niente, ócio L”occasione fa l”uomo ladro, a ocasião faz o ladrão - sentire odor di polvere, sentir cheiro de pólvora – ora della veritá, hora da verdade – andare in orbita , andar em órbita – Solo Il papa é infalibile, só o papa é infalível – stare como um pappagallo impagliato, estar como um papagaio empalhado – a passi da giraffa, a passo di fórmica, a passos de girafa, a passo de formiga – aver paura della própria ombra, ter medo da própria sombra – a flor di pelle, a flor da pele - a peso d”oro, a peso de ouro – in punta di piedi, de modo furtivo – vittoria di Pirro, vitória com mais prejuízo do que vantagem- prendere o lasciare,prender ou largar

Como due e due fanno quattro, com grande facilidade – Tenere como uma relíquia, recordação – andare a Roma e non vedere il Papa, ir a Roma e não ver o Papa – esser La piu bella rosa del giardino, a mais bela rosa do jardim –

Como um sacco di patate, pesado, gordo – essere um sepolcro imbiancato, hipócrita, falso – Essere un tartufo, falso, hipócrita – prendere Il toro per le corna, agir com decisão.

A tutto vapore, a todo vapor, em grande velocidade – Vecchio como l”arca di Noé, muito velho - vino battezzato, vinho com água seminare zizzania, por em desacordo, disseminar a cizânia.

(*) JB Serra e Gurgel (Acopiara), jornalista e escritor.

Untitled Document

JB Serra e Gurgel
Jornalista e Escritor
http://www.cruiser.com.br/girias
gurgel@cruiser.com.br


:: Outras edições ::

> 2017

– Outubro
Como os cearenses vem os cearenses nativos e forasteiros

– Setembro
Ascensão e queda de Cleto Meireles: Colmeia, Haspa e Cidade Ocidental

– Julho
Para a Forbes, o Califa Abu Bakral Bagdadi é a 57ª pessoa mais poderosa do mundo

> 2016

– Setembro
Sou brasileiro com muito orgulho e com muito amor

> 2015

– Novembro
Para a Forbes, o Califa Abu Bakral Bagdadi é a 57ª pessoa mais poderosa do mundo

– Outubro
Um cavaleiro andante que caminhou entre aforismos e citações

– Setembro
Por uma claraboia no meio do Salão Nobre do Palácio da Abolição

– Agosto
As cem edições do Jornal da Gíria. Um marco no mundo gírio

> 2014

– Setembro
Acopiara : “Meton, notas de uma vida”, uma trajetória e um exemplo

– Agosto
O Ceará poderia ter tido mais um presidente: Juarez Távora

– Julho
Sou brasileiro com muito orgulho e com muito amor

– Junho
Dionísia aumentou a presença de Acopiara na Siqueira Gurgel

– Maio
Estão querendo Revogar a lei do morro: não sei, não vi, não conheço

– Abril
Faça como o velho marinheiro...

– Março
Tereza Aragão Serra, uma lenda quase esquecida em Tauá

– Fevereiro
José de Alencar e a língua portuguesa

– Janeiro
Moreira de Acopiara - o poeta popular de Diadema/SP

 

> 2013

– Dezembro
A presença dos Cearenses na população de Brasília

– Novembro
O cearense que escolheu o local para implantação de Brasília

– Outubro
Acopiara – Tia Nenem uma guerreira entre os Guilherme

– Agosto
As citações que marcam o cotidiano de Osvaldo Quinsan

– Julho
O último apito do trem que passava por Acopiara

– Junho
Dionísia aumentou a presença de Acopiara na Siqueira Gurgel

– Maio
Estão querendo Revogar a lei do morro: não sei, não vi, não conheço

– Abril
Faça como o velho marinheiro...

– Março
Tereza Aragão Serra, uma lenda quase esquecida em Tauá

– Fevereiro
José de Alencar e a língua portuguesa

– Janeiro
Moreira de Acopiara - o poeta popular de Diadema/SP

> 2012

–Dezembro
O acopiarense Vicente dos dez mares e oceanos

–Novembro
A presença de marranos e ciganos no Ceará

–Outubro
No modo de dizer dos italianos, as raízes de expressões brasileiras

–Setembro
Nobreza Cearense: Barões e viscondes não assinalados

–Agosto
A linguagem de Paco, regional e universal

–Julho
As armas e os barões assinalados

–Junho
Acopiara - Eita Brazilzão sem porteira

–Maio
Acopiara - Nertan Holanda Gurgel. Auto retrato de um homem simples

–Abril
José Alves de Oliveira: “árvore velha não se muda”

– Março
A gíria presente na obra de Eça de Queiroz II

– Fevereiro
Miguel Galdino - uma vida pelas justas causas

– Janeiro
História do Ceará de todos nós, presentes e ausentes

> 2011

– Dezembro
A gíria ou o calão presente na obra de Eça de Queiroz

– Novembro
A gíria ou o calão presente na obra de Eça de Queiroz
– Setembro
Como o Ceará libertou seus 30 mil escravos
– Agosto
Manoel Edmilson Teixeira um homem simples e de bem
– Julho
Acopiara - Apelidos e o que não falta
– Junho
Acopiara -Zé Marques Filho, uma referencia de respeito
– Maio
Os cearenses do Rio de Janeiro
– Janeiro
Acopiara - não é só mineiro que é desconfiado

> 2010

– Dezembro
Acopiara – os brasileiros reclamam de que mesmo?
–Novembro
Marcas da presença do Ceará na Guerra do Paraguai
– Outubro
Como o Brasil começou a fabricar seu papel moeda
– Junho
Um cearense acima de qualquer suspeita
– Maio
Acopiara – O centenário de Alcebíades da Silva Jacome
– Abril
Acopiara e o Seminário do Crato
– Fevereiro
A queda de braço entre o Presidente Castello Branco e seu irmão Lauro

> 2009

– Dezembro
Os desencontros entre José de Alencar e dom Pedro II
– Novembro
Tem uma Teresa que foi a 1ª. mulher cearense a ser delegada da mulher em Brasília
– Outubro
Acopiara - Dom Newton 60 anos de padre, 30 anos de bispo
– Agosto
Acopiara - O passado é um pais estrangeiro
– Julho
Futebol cearense atravessa mau momento
– Junho
Acopiara – O Estrago da Crise Global
–Maio
Meu avô – Henrique Gurgel do Amaral Valente II
–Abril
Acopiara - Reverência aos nossos heróis anônimos
– Fevereiro
Acopiara vista à distancia, em cruzeiro
– Janeiro
Chico Sobrinho o líder do clã que fará 20 anos de poder em Acopiara

> 2008

– Dezembro
- Acopiara comemorou cinco centenários em 2008
– Novembro
- Acopiara – os 50 anos do padre Crisares.
– Outubro
-Acopiara – como nos despedimos dos que se foram
– Setembro
-Acopiara – Mazinho e Erosimar, os empreendedores
– Agosto
-Acopiara – Ezequiel partiu e deixou saudade
– Julho
- Acopiara - Meu avô, Henrique Gurgel do Amaral Valente
– Junho
- As mães que povoaram Acopiar
– Maio
- Chico Guilherme, a hora e a vez do Coronel




:: Veja Também ::

Blog do Ayrton Rocha
Blog do Edmilson Caminha
Blog do Presidente
Humor Negro & Branco Humor
Fernando Gurgel Filho
JB Serra e Gurgel
José Colombo de Souza Filho
José Jezer de Oliveira
Luciano Barreira
Lustosa da Costa
Regina Stella
Wilson Ibiapina
















SGAN Quadra 910 Conjunto F Asa Norte | Brasília-DF | CEP 70.790-100 | Fone: 3533-3800
E-mail: casadoceara@casadoceara.org.br
- Copyright@ - 2006/2007 - CASA DO CEARÁ EM BRASÍLIA -