Boa tarde, sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019
Casa do Ceará

Imprima



Ouça aqui o Hino do Estado do Ceará



Instituições Parceiras
































:: Jornal Ceará em Brasília



— Última Edição —
— Edições Anteriores —

Untitled Document

24 de Junho de 2008
Fonte: Diário do Nordeste - 22/06/08

Esperança negra


E lá vamos nós, movidos a petróleo, em meio aos conflitos internacionais, violência urbana, falta de alimentos. Pela quantidade de carros circulando nas ruas de Fortaleza dá para imaginar o formigueiro que virou a Terra. Há quem garanta que dentro de 15 anos apenas a Árabia Saudita, Iraque, Emirados Árabes, Kuwait, México e Venezuela terão possibilidade de exportar petróleo. O Brasil aposta no que pode jorrar das jazidas recém-descobertas em nosso litoral. O fato é que estamos acabando em três séculos o que a natureza levou 400 milhões de anos para criar.

O maior consumidor de petróleo do mundo – os Estados Unidos- já sente a crise no bolso, a parte mais sensível do ser humano. O medo de racionamento se espalha pela Europa e se estende pelos supermercados do planeta. O preço do petróleo sobe, a inflação atormenta as nações.

O biocombustível , fonte renovável de energia a partir do álcool da cana-de-açúcar e de plantas oleoginosas, é rejeitado sob a alegação de que estamos priorizando o etanol em detrimento da produção de alimentos.

O presidente Lula já percebeu que tudo não passa de lobbie dos que não se cansam de faturar em cima do petróleo. O jeito é olhar para a maior potência. Pode vir de lá a saída.

O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, já fez a relação direta entre a guerra do Iraque e a crise na economia do país dele. A guerra custa 100 dólares por dia a cada família americana. O senador fez os cálculos e afirmou: o americano médio paga o preço da guerra. São 50 dólares para encher o tanque de um carro e os cofres dos inimigos, maiores produtores do ouro negro.

O jornal The New York Times diz que Obama é um liberal que quer regulamentar Wall Street e estancar as hipotecas de habitações, negociar com inimigos estrangeiros e se desligar da guerra no Iraque. Ele fala na entrevista sobre as divisões de raça e classe na América e diz que a velha retórica de injustiça racial esgotou a si própria.

A esperança se volta para este democrata negro, filho de muçulmano e de sobrenome Hussein. O diabo é se os americanos se decidirem pelo republicano John McCain, veterano da guerra do Vietnã , seguidor de W. Bush.



Untitled Document

Wilson Ibiapina
Jornalista

                                            


:: Outras edições ::

> 2017

– Outubro
Cearês

– Setembro
Um cearense longe de casa:Debaixo de chuva, frio e neve

> 2015

– Novembro
Capado, mas muito macho

– Outubro
Capado, mas muito macho

– Setembro
Os chefes cearenses

– Agosto
Morreu Orlando Orfei Os Circos que alegraram nossas vidas

> 2014

– Setembro
Carlos Augusto, Ava Gardner e Fernando César

– Agosto
A praça é do povo como o céu é do Condor

– Julho
Rui Diniz, um português bem brasileiro

– Junho
Lembrando Tarcísio Tavares

– Maio
Os Paraquedistas da Política

– Abril
Zé Tatá, esse era macho

– Março
A cidade de Ibiapina está sendo tombada

– Fevereiro
O Adeus a Flávio Parente

– Janeiro
Gente que nunca morreu nem tem inveja de quem morre

> 2013

– Dezembro
O Lançamento do livro do Bartô em ritmo de Facebook

– Novembro
Você ainda tem vergonha de pedir uma cachaça?

– Outubro
Ivanildo Sax de Ouro

– Agosto
A Imprensa nossa de cada dia

– Julho
No Ceará é Assim

– Junho
Lembrando Tarcísio Tavares

– Maio
Os Paraquedistas da Política

– Abril
Zé Tatá, esse era macho

– Março
A cidade de Ibiapina está sendo tombada

– Fevereiro
O Adeus a Flávio Parente

– Janeiro
Gente que nunca morreu nem tem inveja de quem morre

> 2012

– Dezembro
-Oscar Niemeyer, o Amigo solidário que tinha medo da morte

– Novembro
-O uso do chapéu por cearenses A Elegancia do Chapéu

– Novembro
-Um paraibano que amava Sobral

– Outubro
-Operário da Justiça

– Setembro
-No Ceará é assim

– Agosto
-Ava Gardner e o cantor cearense Carlos Augusto

– Agosto
-Velha República: O presidente que exibiu o corta jaca no Catete

– Julho
- Pulando a cerca

– Junho
- Lúcio Paco Brasileiro no Espaço e no Tempo

– Maio
- As “MENINAS” de Brasília
- Um cearense na guerra

– Abril
- As “MENINAS” de Brasília

– Março
- Os Chefs Cearenses

– Fevereiro
- O melhor Rei Momo do Ceará

– Janeiro
- Vamos exibir nossa cultura, sem vergonha

> 2011

– Novembro
- Ubajara que o tempo levou
– Setembro
- Pega Pinto: uma bebida que refrescava os fortalezense
– Agosto
- Pra onde vamos?
– Julho
- Julho em Ubajara
– Junho
- História do Ceará
– Junho
- Pise no chão devagar
– Maio
- O inventor de talentos que alegrava a cidade
– Maio
- Jornalista, que profissão!
– Abril
- O balão que iluminou Fortaleza
– Março
- O defensor da Natureza
– Fevereiro
- Quando se vê, não tem mais tempo
– Janeiro
- Vaidade que mata

> 2010

– Dezembro
- O Ano Novo e suas ameaças
– Novembro
- Os jardineiros de Brasília
– Outubro
- Quando se vê, não tem mais tempo
– Setembro
- Vamos comer farinha
–Agosto
- Cearense anônimo, mas nem tanto
– Julho
- Vamos Repensar o DF
– Junho
- Cearense anônimo, mas nem tanto
– Junho
- A morte do Augusto Pontes, o homem que brincava com as palavras. Foi-se o guru.
– Maio
- O Tempo do Rádio
– Abril
- Fortaleza: bela e amada cidade
– Março
- Um recanto dentro da noite
– Fevereiro
- Vale cultura
– Janeiro
- A última do Português

> 2009

– Dezembro
- Um presente para Fernando
– Novembro
- Da caserna para o livro
– Outubro
- Falta Garçon
– Setembro
- Cidade sem cara
– Agosto
- De quem é a floresta amazônica?
– Julho
- Memórias de Tarcísio – O Repórter
– Junho
- Esperança negra
- Apagando a cidade
- Novo Dinheiro
– Maio
- No escurinho do cinema


:: Veja Também ::

Blog do Ayrton Rocha
Blog do Edmilson Caminha
Blog do Presidente
Humor Negro & Branco Humor
Fernando Gurgel Filho
JB Serra e Gurgel
José Colombo de Souza Filho
José Jezer de Oliveira
Luciano Barreira
Lustosa da Costa
Regina Stella
Wilson Ibiapina
















SGAN Quadra 910 Conjunto F Asa Norte | Brasília-DF | CEP 70.790-100 | Fone: 3533-3800
E-mail: casadoceara@casadoceara.org.br
- Copyright@ - 2006/2007 - CASA DO CEARÁ EM BRASÍLIA -