Boa madrugada, sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019
Casa do Ceará

Imprima



Ouça aqui o Hino do Estado do Ceará



Instituições Parceiras


































:: Jornal Ceará em Brasília



— Última Edição —
— Edições Anteriores —

Untitled Document

Agosto 2011

Pra onde vamos?

O descuido com Brasília começa no próprio GDF. A CEB, por exemplo, é uma das empresas que não dá a menor importância ao Plano Piloto. Se olhar pra cima você vai ver a rede aérea com um emaranhado de fios. Todo brasiliense sabe que a rede subterrânea com os postos iguais era marca da Capital. Muitos desses dirigentes da cidade chegaram aqui ontem e não têm o menor compromisso com a preservação das duas Brasílias, a do poder central e a nossa, a dos moradores permanentes.

A Brasília do poder, todo mundo conhece, está na mídia. Vou falar da Brasília e suas satélites que enfrentam a invasão do solo, o surgimento de novas cidades, novos condomínios. Estão aí a expansão do setor Sudoeste, a criação do setor Noroeste. A cidade que prioriza o uso do carro particular por absoluta falta de um transporte coletivo digno. Os empresários reclamam que os ônibus dão prejuízo, mas eles estão com fazendas, empresas de aviação e outros bens. Quando se liga a TV ou se abre um jornal estão lá os apelos publicitários para que se compre um carro, sem entrada em módicas prestações. O carro chegando ao máximo do glamour, enchendo os estacionamentos, engarrafando o transito

É como lembra o urbanista Fausto Nilo: não adianta alargar as avenidas, construir viadutos se o uso do solo continua a provoca movimentos desordenados. A cada dia aparecem novos conjuntos residenciais, invadindo áreas que já foram verdes ou destinadas a praças, igrejas. Aquele cinturão verde que separava as satélites de Brasília e que era utilizado por chacareiros que abasteciam a cidade de frutas e verduras é página virada. E o pior é que as pessoas vão perdendo a capacidade de se indignar. Os aventureiros continuam chegando. Só falta o lenço no pescoço e o revolver no coldre. A ganância é a mesma dos marginais do faroeste americano. A pressa em ficar rico acelera a especulação imobiliária e a deformação da cidade. Como cidade administrativa do país Brasília não precisa de governador eleito nem de deputados distritais. O que eles já fizeram na cidade mostra que não são eles que vão garantir a preservação desse Patrimônio Cultural da Humanidade. Não sabemos até quando o tombamento vai garantir a qualidade de vida dos brasilienses.

(*) Wilson Ibiapina (Ibiapina) jornalista

Untitled Document

Wilson Ibiapina
Jornalista

                                            


:: Outras edições ::

> 2017

– Outubro
Cearês

– Setembro
Um cearense longe de casa:Debaixo de chuva, frio e neve

> 2015

– Novembro
Capado, mas muito macho

– Outubro
Capado, mas muito macho

– Setembro
Os chefes cearenses

– Agosto
Morreu Orlando Orfei Os Circos que alegraram nossas vidas

> 2014

– Setembro
Carlos Augusto, Ava Gardner e Fernando César

– Agosto
A praça é do povo como o céu é do Condor

– Julho
Rui Diniz, um português bem brasileiro

– Junho
Lembrando Tarcísio Tavares

– Maio
Os Paraquedistas da Política

– Abril
Zé Tatá, esse era macho

– Março
A cidade de Ibiapina está sendo tombada

– Fevereiro
O Adeus a Flávio Parente

– Janeiro
Gente que nunca morreu nem tem inveja de quem morre

> 2013

– Dezembro
O Lançamento do livro do Bartô em ritmo de Facebook

– Novembro
Você ainda tem vergonha de pedir uma cachaça?

– Outubro
Ivanildo Sax de Ouro

– Agosto
A Imprensa nossa de cada dia

– Julho
No Ceará é Assim

– Junho
Lembrando Tarcísio Tavares

– Maio
Os Paraquedistas da Política

– Abril
Zé Tatá, esse era macho

– Março
A cidade de Ibiapina está sendo tombada

– Fevereiro
O Adeus a Flávio Parente

– Janeiro
Gente que nunca morreu nem tem inveja de quem morre

> 2012

– Dezembro
-Oscar Niemeyer, o Amigo solidário que tinha medo da morte

– Novembro
-O uso do chapéu por cearenses A Elegancia do Chapéu

– Novembro
-Um paraibano que amava Sobral

– Outubro
-Operário da Justiça

– Setembro
-No Ceará é assim

– Agosto
-Ava Gardner e o cantor cearense Carlos Augusto

– Agosto
-Velha República: O presidente que exibiu o corta jaca no Catete

– Julho
- Pulando a cerca

– Junho
- Lúcio Paco Brasileiro no Espaço e no Tempo

– Maio
- As “MENINAS” de Brasília
- Um cearense na guerra

– Abril
- As “MENINAS” de Brasília

– Março
- Os Chefs Cearenses

– Fevereiro
- O melhor Rei Momo do Ceará

– Janeiro
- Vamos exibir nossa cultura, sem vergonha

> 2011

– Novembro
- Ubajara que o tempo levou
– Setembro
- Pega Pinto: uma bebida que refrescava os fortalezense
– Agosto
- Pra onde vamos?
– Julho
- Julho em Ubajara
– Junho
- História do Ceará
– Junho
- Pise no chão devagar
– Maio
- O inventor de talentos que alegrava a cidade
– Maio
- Jornalista, que profissão!
– Abril
- O balão que iluminou Fortaleza
– Março
- O defensor da Natureza
– Fevereiro
- Quando se vê, não tem mais tempo
– Janeiro
- Vaidade que mata

> 2010

– Dezembro
- O Ano Novo e suas ameaças
– Novembro
- Os jardineiros de Brasília
– Outubro
- Quando se vê, não tem mais tempo
– Setembro
- Vamos comer farinha
–Agosto
- Cearense anônimo, mas nem tanto
– Julho
- Vamos Repensar o DF
– Junho
- Cearense anônimo, mas nem tanto
– Junho
- A morte do Augusto Pontes, o homem que brincava com as palavras. Foi-se o guru.
– Maio
- O Tempo do Rádio
– Abril
- Fortaleza: bela e amada cidade
– Março
- Um recanto dentro da noite
– Fevereiro
- Vale cultura
– Janeiro
- A última do Português

> 2009

– Dezembro
- Um presente para Fernando
– Novembro
- Da caserna para o livro
– Outubro
- Falta Garçon
– Setembro
- Cidade sem cara
– Agosto
- De quem é a floresta amazônica?
– Julho
- Memórias de Tarcísio – O Repórter
– Junho
- Esperança negra
- Apagando a cidade
- Novo Dinheiro
– Maio
- No escurinho do cinema


:: Veja Também ::

Blog do Ayrton Rocha
Blog do Edmilson Caminha
Blog do Presidente
Humor Negro & Branco Humor
Fernando Gurgel Filho
JB Serra e Gurgel
José Colombo de Souza Filho
José Jezer de Oliveira
Luciano Barreira
Lustosa da Costa
Regina Stella
Wilson Ibiapina
















SGAN Quadra 910 Conjunto F Asa Norte | Brasília-DF | CEP 70.790-100 | Fone: 3533-3800
E-mail: casadoceara@casadoceara.org.br
- Copyright@ - 2006/2007 - CASA DO CEARÁ EM BRASÍLIA -