Boa madrugada, domingo, 17 de Dezembro de 2017
Casa do Ceará

Imprima



Ouça aqui o Hino do Estado do Ceará



Instituições Parceiras








































:: Jornal Ceará em Brasília

Untitled Document

Março 2012

Na cidade de Paulo Afonso a carne de Bode era vendida a metro e a cachaça também

Já em fins dos anos 40 do século passado, os aviões DC-3 antigos C-47 do Correio Aéreo Nacional- CAN e das empresas cruzeiro do Sul e Aerovias faziam pouso na cidade baiana, nas margens do Rio São Francisco.

O Presidente Getulio Vargas tinha criado a companhia Hidroelétrica do Rio São Francisco. A Chesf para construir a primeira grande hidroelétrica que iria iluminar os oito Estados Nordestinos.

A empresa estatal passou logo a montar seu canteiro de obras e como um formigueiro, uma população inteira cresceu em torno das ditas obras de grande envergadura.

Engenheiros, operários recrutados no Sul do país e demais pessoal técnico - Administrativo, foram responsáveis pelo treinamento de milhares de operários recrutados na região.

Anteriormente o cearense Delmino Gouveia no começo do século XX já tinha demonstrado a viabilidade técnica - econômica quando construiu com recursos próprios a primeira Usina na cidade de Pedra, no Estado de Alagoas. – Tamanho foi o sucesso empresarial que assustou até os industriais Ingleses que dominavam o mercado de fios de Algodão e lã em toda a America Latina.

Foi a pressão mais forte de capital internacional contra o nascente processo de industrialização.

Usando todos os meios imagináveis, corromperam governos, pressionaram os bancos internacionais até minarem a organização modelo fabril. Destruíram a cidade, sua organização cooperativa e todo o seu parque industrial. – As maquinas foram jogadas no Rio.

Apolônio Sales, que viria a ser Ministro de Getulio Vargas, esteve em visita ao Vale do Rio São Francisco, inspecionando obras e constatando outras realidades. Ficou impressionado pela legião de caboclos que contavam como ladainha a história de Delmiro Gouveia e sua sina de fazer a redenção do Vale São Franciscano.

Logo uma verdadeira cidade foi criada como sustentação para a grande obra de engenharia nacional.

Os tangedores de bode, os tropeiros e demais caboclos da região formavam o grande exercito de operários – As feiras tomaram-se diárias e a luz gerada pela cachoeira servia a toda a população.

Com planejamento estratégico, a então notável companhia na medida em que montava mais turbinas tornava-se a maior geradora no polígono nordestino. O nordeste passava ser suprido com a energia, gerada por Paulo Afonso. Até Luis Gonzaga o grande Sanfoneiro cantava profeticamente que além dos 8 estados nordestino se houvesse fio e pavio toda a nação estaria suprida.

(*) José Colombo de Souza Filho (*), jornalista e escritor

Untitled Document
SGAN Quadra 910 Conjunto F Asa Norte | Brasília-DF | CEP 70.790-100 | Fone: 3533-3800
E-mail: casadoceara@casadoceara.org.br
- Copyright@ - 2006/2007 - CASA DO CEARÁ EM BRASÍLIA -