Boa tarde, sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019
Casa do Ceará

Imprima



Ouça aqui o Hino do Estado do Ceará



Instituições Parceiras
































:: Jornal Ceará em Brasília



— Última Edição —
— Edições Anteriores —

Untitled Document

Março 2012

Lavar as mãos

De primeiro, os doentes todos morriam nas mesas de operação por uma razão muito simples, os cirurgiões não lavavam as mãos. Mesmo em caso extremos de baixa higiene, não nutriam tal preocupação. No Brasil, é elevada a taxa de mortalidade de enfermos hospitalizados. Infecção hospitalar é a causa. Lembro me de haver operado o coração em Paris e somente receber visitas de familiares no hospital, devidamente vestidos e calçados de roupas de borracha. Não é o que acontece entre nós.

Tancredo e Itamar

Um dia destes colunista mostrou os médicos que atenderam o Presidente Lula recebendo-o, à porta do hospital, com batas que usaram na rua e que, naturalmente, estavam contaminadas por tudo quando é micróbio. Parecem que, no Brasil, não matamos Presidente da Republica à bala, como fazem os americanos. Não. Nosso método é a infecção hospitalar.

O que você fala?

Deus me livre de ser assaltado. Espero que Ele não me indique tal provação. Um amigo, caxias no emprego, homem seríssimo, foi atacado por um brutamontes ladrão que, ao tange-lo para um cubículo onde devia esperar a liberdade, assim que o bandido terminasse seu crime, queixou-se da grosseria com que foi tratado. Pior porém que os empurrões sofridos foi como o chamou o meliante: “Vamos depressa,vagabundo!”. Ele que trabalhava tanto, há tanto tempo, julgava não merecer tal ataque nem mesmo do Fernandinho Beira Mar. Quando mais dum assaltante pé de chinelo.

***

Bonner

Não sei se vocês sabem o que ocorreu ao Bonner, o locutor que todo o Brasil conhece, por apresentar o Jornal Nacional. Sua casa foi assaltada. Ele ainda teve tempo de dizer ao criminoso que trabalha na TV Globo. Sabem o que ele lhe perguntou:” O que é que você faz lá?” Dizem que o que mais machucou o homem de televisão, internacionalmente conhecido, foi que o assaltante não soubesse quem ele era.

***

Vacina

Não sei se ja contei aqui que tomei vacina anti gripe e cheguei ao gabinete do então senador Lucio Alcântara, todo eufórico, certo de que não mais seria incomodado por tal tipo de moléstia. Ele anulou minha euforia, dizendo: “A vacina não cobre todo o tipo de gripe, não”. Parece que falava pela boca de um anjo. Porque três dias depois peguei gripe forte. Nunca mais quis saber de tal vacina que na época a oposição dizia ser integrante de plano de FHC de diminuir drasticamente, o número de velhos, em todo o pais.

Médico antigo

Fui ao consultório do dr. Camões, um dos alergistas mais antigos de Brasília (dizem que ja chegou aos noventa anos). Simpático, risonho, ele me perguntou: Você acredita que eu tenha noventa anos?” e ele confirmou parcialmente o fato. A vacina que tomei não valeu por ser de fábrica italiana sem muito conceito. Podia ser falsificada. Ele aconselhou- me a tomar a vacina francesa, como faz o senador José Sarney. Vou ouvir a cardiologista Leda Sales, em quem ponho fé para saber se ela concorda.

Boa conversa

Quando disse que era do Ceará, o dr. Camões lembrou ser parente de Alberto Costa Sousa, casado com moça da família Gentil que habitou um casarão na avenida Joaquim Távora.

Não cobrou

Ele disse que estava eu muito bem servido pelo dr.Laercio e que não tinha sentido consultá-lo por causa de alergia. Bem humorado me seguiu até a porta para evitar que fizesse o que tinha intenção de fazer, pagar a consulta á sua secretária. Assim chiquerado, não podia tirar do bolso o dinheiro para pagar seu trabalho Fiquei cativo da maneira gentil e civilizada com que me atendeu.

Bilac

Dizem que, ao saber da morte do paraibano Augusto dos Anjos, Olavo Bilac, então no auge do prestígio social e literário, esnobou: “Não se perdeu grande coisa”. O tempo foi cruel com Bilac, cada vez menos lembrado, menos lido. Autor de um só livro, Augusto continua a ler lido e declamado pelos que amam sua construção poética, de cunho cientifico.

TV Senado

A reporter Renata de Paula, filha de médico cearense, aluno de Valdemar Alcântara, foi quem me entrevistou para a TV Senado que exibira documentário sobre o ex-senador e ex-governador do Esttado que, se vivo estivesse, ia fazer cem anos em maio.

Outros Blogs do Lustosa da Costa

http://sobralense.blig.ig.com.br/

http://sobralense.blog.uol.com.br/

http://sobralense.fotoblog.uol.com.br/index.html

Biblioteca Lustosa da Costa

http://biblioteca.sobral.ce.gov.br/index2.html\

(*) Lustosa da Costa (Sobral), jornalista e escritor.

Untitled Document

Lustosa da Costa
Jornalista e Escritor

                                            


:: Outras edições ::

> 2012

–Outubro
30 anos de “Sobral de meu Tempo"
–Setembro
Educandário S. José
–Agosto
Hábitos antigos
–Julho
Morrer não está com nada
–Frio em Brasília
Sucesso com louras em Paris
– Abril
Sucesso com louras em Paris
– Março
Lavar as mãos
– Fevereiro
O quarto senador

> 2011

– Novembro
Sem peúgas nem borzeguins
– Setembro
Chagas, o bom companheiro
– Agosto
Gente assim torna o mundo melhor
– Julho
Tarcísio Tavares/TT, uma saudade
– Maio
Os oitenta anos de Claudio Castelo
– Junho
Nada de perseguição
– Abril
Na Fazenda Pocinhos e no passado
– Fevereiro
Guerra ao Carnaval
– Janeiro
Tempo dos Retratos
– Dezembro
Chico Romano da Ponte
– Novembro
Última campanha
– Outubro
Cidade Luz
– Setembro
Oriano Mendes
– Agosto
Educandário São José
– Julho
Luiz Costa, meu tio inesquecível
– Junho
Os Manguitos das Moças de Sobral
– Maio
Um saudosista incurável
– Abril
Bairrismo de Sobral
–Março
A época dos “entas”
– Fevereiro
Avenidas dos ricos e dos pobres
–Janeiro
Uma Paula Pessoa de muita fibra
–Dezembro
Setenta anos de bom caráter
– Novembro
Discurso só conciso
– Outubro
Costa do IAPC
– Setembro
O Bispo Conde
– Agosto
Chico Romano da Ponte
– Julho
Por que não fui
– Junho
Mata o velho
– Maio
Por que publicar livros



:: Veja Também ::

Blog do Ayrton Rocha
Blog do Edmilson Caminha
Blog do Presidente
Humor Negro & Branco Humor
Fernando Gurgel Filho
JB Serra e Gurgel
José Colombo de Souza Filho
José Jezer de Oliveira
Luciano Barreira
Lustosa da Costa
Regina Stella
Wilson Ibiapina
















SGAN Quadra 910 Conjunto F Asa Norte | Brasília-DF | CEP 70.790-100 | Fone: 3533-3800
E-mail: casadoceara@casadoceara.org.br
- Copyright@ - 2006/2007 - CASA DO CEARÁ EM BRASÍLIA -